A Cultura Devocional com a Criança

A Cultura Devocional com a Criança

A cultura devocional precisa ser estabelecida pela própria casa. Sendo ela a prioridade do lar, essa disciplina do casal precisa escorrer sobre seus filhos. A vida disciplinar espiritual de uma família com Deus é de primordial importância. A criança não vai seguir muito por falas mas sim por exemplo de vida,  como podemos ver adiante.

Pesquisas nos afirmam  que a aprendizagem envolve os sentidos, da sequinte forma: 83% através da visão, 11% da audição, 3,5% do olfato, 1,5% através do tato e 1% através do paladar. Logo, vemos que as crianças aprendem mais pelo que elas estão vendo, então, o exemplo de vida de uma família precisa ser de inteira retidão e temor ao Senhor no seu lar.

A rotina da casa faz com que a criança conviva de uma forma familiar, ajuda a realizar suas tarefas de uma forma organizada e gera disciplina em todas as áreas de sua vida. Precisamos ajudá-las a ter essa vida disciplinar de comunhão com Deus, de princípios Bíblicos, oração, leitura das escrituras, de acordo com a sua faixa etária, buscar sempre ensiná-los da forma que eles estão aptos a aprender e claro, em primeiro lugar o Senhor.

O foco principal dos pais aos filhos deve ser conhecer a Jesus e a sua vontade, sem impor ou forçar algo, às escrituras nos apontam:

E respondeu-me, dizendo: Esta é a palavra do Senhor a Zorobabel, dizendo: Não por força nem por violência, mas sim pelo meu Espírito, diz o Senhor dos Exércitos. Zacarias 4:6

É importante criar uma rotina para que esses momentos não deixem de acontecer. Separe um horário, orem juntos para iniciar, comecem a leitura, orem de novo o que aprenderam no devocional.  De uma forma prática e por faixa etária sabemos que cada uma aprende as coisas de uma forma diferente e mais do que ninguém, os pais são os mais apropriados para ensinar seus filhos, pelo fato de conhecê-los melhor do que ninguém.

Abuse das histórias

Jesus usava parábolas e histórias para que o povo entendesse de uma forma mais clara e objetiva e isso funciona para todas as idades. Use materiais de apoio como figuras, fantoches, o que você tiver e puder, é uma forma de atividade bastante divertida, prazerosa, e que leva a uma imaginação que traz grandes benefícios.

Deixe um cantinho reservado, como por exemplo o cantinho da leitura para que sua criança volte ali quando quiser refazer sua leitura, relembrar e ter a sua autonomia, embora talvez sua criança não saiba ler, é um hábito de leitura que se cria com ela. As palavras e as letras começam a dar início a sua alfabetização e é importante elas terem contatos com seus livros.

Devocionais ilustrados

Separe um horário legal para a família, um local tranquilo e agradável para que não haja distrações, escolha um livro da Bíblia (aconselho João, Gênesis) leiam um capítulo juntos ou mais e desenhem no papel aquele capítulo que foi lido, use muitas cores, fitas coloridas, adesivos. É uma dinâmica bem ilustrativa e divertida para se aprender a Bíblia e decodificar de uma forma mais divertida além de gerar memórias afetivas que é de essencial importância para uma criança ao longo de sua infância.

Desenho profético

É o ato de sensibilidade a Deus, tornando visivelmente através do lúdico, aquilo que Deus falou e mostrou, derramando sobre um papel em branco, profeticamente para uma cidade, nação, igreja, pessoas do seu convívio ou não e para si mesmo, de acordo como Deus instrui-lo; é expressar artisticamente o coração de Deus sobre a terra e todos os que nela habitam, tornando as crianças ainda mais sensíveis e capazes de ouvir e ver a Deus e conhecer a sua vontade.

Comece orando para que Deus revele o coração dele por exemplo: “Senhor Jesus, obrigada pela sua presença, nós amamos o Senhor, obrigada por mais um dia, nós pedimos para que o Senhor esvazie nossa mente, nosso coração, nos encha com a sua presença e realidade dos céus, se revele e nos mostre o que está no seu coração, o que Senhor vê, o que o Senhor tem para nós, o que o Senhor está fazendo, em nome de Jesus, amém!” e instrui a criança a desenhar o que Deus mostrou a ela, pergunte o que ela viu e peça para desenhar a primeira coisa que veio na cabeça dela quando oraram ao Senhor juntas. Às vezes Deus vai mostrar uma palavra, um versículo, uma imagem, nomes  e etc.

Mas saibam, o seu filho não vai seguir o que você ensina apenas, nenhum apoio ou método vai fazê-lo ser alguém em Deus se ao olhar para a vida da casa, dos pais, eles não seguem o padrão que ensinam.

Aproveitem os pequenos olhos que observam tudo em sua volta e sejam ótimos exemplos. A vida ensina mais do que as palavras. O caráter em Deus ensina mais do que qualquer palavra.

O filho faz o que vê o pai fazer, Jesus fazia o que via no Pai, embora ele sendo Deus, veio como homem e passou por todos os processos e isso inclui quem Deus Pai é, seu caráter, suas atitudes, suas obras, então, a prática de Jesus na terra partiu de uma vida participativa na vida de Deus e vendo o que o Pai fazia. Sendo assim, a criança faz o que vê a família fazer, logo, os maiores impulsionadores de levar as crianças para esse lugar espiritual, de devoção e amor por Senhor é a família.

“Mas Jesus declarou: — Digo a verdade a vocês: O Filho nada pode fazer por si próprio; ele só faz o que vê o Pai fazer, porque tudo que o Pai faz o Filho também faz. O Pai ama o Filho e lhe mostra tudo que faz. O Pai ainda vai mostrar ao Filho obras maiores do que estás para o Filho fazer. Então vocês vão se admirar. Assim como o Pai levanta os mortos e lhes dá vida, assim também o Filho dá vida a quem ele quiser. Além disso, o Pai não julga ninguém, mas confiou ao Filho todo o julgamento. Deus fez isto, para que todos respeitem o Filho assim como respeitam o Pai. Quem não respeita o Filho, também não respeita o Pai que o enviou.” João 5:19-23

Essa cultura devocional conduzirá a criança para um lugar superior, de acesso a paternidade de Deus através de Jesus, crescendo em estatura e graça diante de Deus e dos homens, e isso começa dentro de casa onde quem gera essa cultura é a própria família tendo uma vida espiritual exemplar diária.

Faça um comentário

Live Reply

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados